top of page
  • Foto do escritorSemear Consultoria

O que é o mulching?

Conheça a técnica que consiste em cobrir a superfície do solo ao redor das plantas com uma camada de material orgânico ou inorgânico, criando condições favoráveis para o crescimento da cultura.


Utilização de mulching branco e preto para produção de folhosas na Estação Experimental da ISLA, em Itapuã-RS (Fonte: Canal do Horticultor)

Mulch, ou mulching, é o nome em inglês dado a cobertura do solo com algum material orgânico morto, como palha, folhas, fibra de coco, aparas de grama, cascas de árvores, substrato, argila expandida, pedrisco, conchas ou até mesmo materiais sintéticos, como plástico.


Podendo ser utilizada em diversas culturas, este material forma uma camada protetora sobre o solo, fornecendo uma série de benefícios como a redução do uso de herbicidas; diminuição da infestação de invasores e doenças; redução da evaporação da água do solo, mantendo-o mais úmido por mais tempo; regular a temperatura do solo, mantendo-o mais fresco no verão e mais quente no inverno; impede a luz solar de atingir as sementes de plantas daninhas, reduzindo sua germinação e a matocompetição (ou impedindo em até 100% no caso do plástico); reduz o impacto da chuva, diminuindo a sujeira em hortaliças; compactação; erosão e o escoamento superficial. 


Com o tempo, o mulch orgânico se decompõe e adiciona matéria orgânica ao solo, melhorando sua estrutura, fertilidade e capacidade de retenção de água. Em contrapartida, apesar de sua liberação de nutrientes para o solo ser benéfica para as plantas, isso também pode atrair e oferecer abrigo a outros organismos indesejados, como insetos e suas larvas. As desvantagens geralmente são observadas quando ocorre a aplicação de mulch feita de forma inadequada, em solos com drenagem reduzida ou quando realizado em camadas excessivamente espessas, o mulch pode reter muita umidade, restringindo a quantidade de oxigênio disponível para as raízes. Esta umidade excessiva também pode criar um ambiente favorável para o desenvolvimento de doenças e de organismos indesejados, como lesmas. 


Cobertura Sintética:


A solução plástica, também chamada de plasticultura, possui baixo custo, é leve (para não fazer pressão no solo), resistente aos raios UV e ainda permite que a terra e as sementes recebam oxigênio e retenham água, reduzindo a quantidade de irrigação necessária. Além disso a alternativa apresenta excelente benefício de custo operacional, reduzindo os custos de mão de obra por necessitar de pouca ou nenhuma capina. Sua duração é notavelmente maior que a cobertura orgânica, variando de acordo com o tipo de plástico, espessura do material, condições climáticas e manutenção.

As opções de cores mais comuns são: 

  • Preto e branco: É a cor mais comum, posicionado com o lado preto voltado para baixo e o lado branco para cima, esse mulch reflete a luz, resultando em temperaturas do solo ligeiramente mais frias e prevenindo a queima das folhas e frutos. 

  • Preto e prata: Semelhante ao mulch branco, a cor prata reflete a luz e auxilia no controle da temperatura. Além disso, pode desorientar insetos voadores que atacam a cultura. 

  • Preto: Utilizado para manter o calor do solo, é frequentemente empregado em regiões mais frias. Também pode ser eficaz no controle de insetos que habitam o solo.  

  • Vermelho: Há relatos do aumento no rendimento e na qualidade do tomate, além da redução da severidade da praga precoce no tomate. 

Utilização de mulching em cultura de tomates (Variedade:Tomate Híbrido Lucca) (Fonte: Canal do Horticultor)

Além disso, existem opções de mulches plásticos biodegradáveis e não biodegradáveis, portanto, é importante prestar atenção quanto ao manejo após o uso para proteger o meio ambiente. Isso pode envolver o transporte para um aterro ou garantir que o solo facilite a decomposição do plástico biodegradável. Por isso, consulte o fabricante sobre o tipo de plástico usado e a forma correta de descarte do produto.








Escrito por José Renato Braga.


REFERÊNCIAS:   

BARROS, J. A.S.; CAVALCANTE, M. O uso do Mulching no cultivo de alface: uma Revisão de Literatura, [s. l.], v. 6, ed. 4, 20 out. 2021. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/355477991_O_uso_do_Mulching_no_cultivo_de_alface_uma_Revisao_de_Literatura. Acesso em: 26 jun. 2024. 


BARRETO, Amanda. Técnica do mulching colabora com o aumento da produção em assentamentos rurais do Pontal. [S. l.], 19 jun. 2020. Disponível em: https://justica.sp.gov.br/index.php/tecnica-do-mulching-colabora-com-o-aumento-da-producao-em-assentamentos-rurais-do-pontal/#:~:text=Segundo%20Mendon%C3%A7a%2C%20a%20utiliza%C3%A7%C3%A3o%20do,protege%20do%20contato%20direto%20da. Acesso em: 26 jun. 2024. 


CONHEÇA A TÉCNICA DE MULCHING E SAIBA COMO PROTEGER A SUA LAVOURA. [S. l.], 18 fev. 2018. Disponível em: https://canaldohorticultor.com.br/conheca-a-tecnica-de-mulching-e-saiba-como-proteger-a-sua-lavoura/. Acesso em: 26 jun. 2024. 




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page